Como montar um negócio online: 7 dicas para criar o seu negócio na internet

Primeiramente, saber como montar um negócio online pode parecer um bicho de sete cabeças, não é mesmo? Afinal, são necessários diversos passos para consolidar um empreendimento no mercado, ter sucesso com essa abertura e de fato conseguir ganhar dinheiro através da internet

Porém, entenda que como tudo na vida, basta planejamento e determinação para que os resultados pretendidos sejam alcançados e você tenha um empreendimento de muito sucesso nas mãos.

Dessa forma, no artigo de hoje, iremos explicar como você pode mudar a sua vida com um negócio online, mesmo nesse período complicado como o que vivemos!

Começar um negócio online do zero é possível?

Antes de mais nada saiba que é possível começar hoje mesmo o seu negócio online. Afinal, empreender pode ser a mudança que você tanto deseja na sua vida, tanto pessoal, como profissional.

Nesse sentido, diversas pesquisas apontam que muitas pessoas abandonaram empregos formais e foram empreender. Dentre os principais motivos estão:

• Desejo de ter mais tempo com a família;
• Evitar o estresse diário alto devido à locomoção casa-trabalho;
• Ter mais tempo para praticar atividades físicas e hobbies;
• Procurar salários melhores que os oferecidos pelos empregos tradicionais;

Dessa forma, caso você se identifique com algum dos itens acima, saiba que pode ser a hora de uma virada na sua vida. Ademais, é possível começar a empreender mesmo estando em um emprego formal, sabia?

Entenda mais sobre o tema e os benefícios em ter o seu próprio empreendimento no tópico abaixo.

Afinal, quais as vantagens em ter meu negócio online?

Inicialmente, empreender e trabalhar por conta própria é o desejo de muitos brasileiros. Todavia, os motivos do abandono desse sonho ou mesmo de nem tentar, se deve a alguns fatores. Os principais são:

• Burocracia para abrir e manter um empreendimento;
• Altos investimentos em dinheiro;
• Falta de ideia do que abrir como negócio próprio.

Entretanto, com a expansão da internet e o uso abundante das redes sociais, ter um negócio online é vantajoso.

Nesse sentido, um empreendimento digital pode oferecer muitos benefícios, tais como:

• De antemão, a sua loja jamais ficará fechada. Ou seja, ela estará disponível para compras 24 horas por dia e 7 dias por semana;
• A vitrine pode ser mudada diariamente. Afinal, basta mexer um pouco no layout do site para que sua loja tenha um novo visual ou formato;
• Você pode operar o seu negócio de onde quiser, para isso, só precisa de acesso à internet.

Principais causas para o fechamento de um negócio

Todavia, nem tudo são flores, não é mesmo? Nesse sentido, muitas pessoas abrem lojas virtuais ou empreendimentos digitais e pouco tempo depois, veem que não conseguem continuar. A taxa de fechamento de pequenos negócios no primeiro é bastante elevada.

Segundo pesquisas realizadas pela Sebrae mais de 60% dos negócios digitais não continuam após 2 anos de lançamento.

Dessa forma, muitas lojas virtuais, e-commerces, consultorias, mentorias, coachings e outros serviços simplesmente acabam.

Afinal, por que isso acontece? Dentre os motivos para um fracasso nos negócios online, podemos elencar alguns. Veja:

• Primeiramente, muitos empreendedores simplesmente não sabem para onde ir. Logo, não constroem um caminho a ser trilhado. Ou seja: eles não possuem um plano a ser seguido;
• Simultaneamente ao item anterior, é necessário confiar 100% no seu empreendimento. Isso significa se dedicar exaustivamente, estudar e batalhar muito. Sob o mesmo ponto de vista, é fundamental estar pronto para os percalços do caminho;
• Assim também, é essencial ter consistência. Ou seja, manter um ritmo de trabalho diário. Nesse sentido, estabelecer uma rotina (mesmo para um negócio online) é necessário. Afinal, não adianta trabalhar 18 horas em um dia e ter 2 dias de folga. Seja coerente sempre!
• Por fim, muitas pessoas fracassam em seus empreendimentos digitais pois não estudam. É isso mesmo: não conhecem o mercado, não avaliam os riscos e não buscam as pessoas certas para assessorá-las.

Entretanto, se você já percebeu quais erros deve evitar e deseja ter o seu próprio negócio, veja nossas dicas abaixo.

Ao contrário do que muitos imaginam, é possível ter no nosso país um empreendimento online. Para isso, o primeiro passo você já está dando: que é buscar informações de qualidade. Aproveite essas dicas e comece a empreender agora mesmo!

Quero montar meu negócio online

Antes de mais nada, leia com atenção nossas sete dicas para você montar seu negócio online.
Nesse sentido, esses passos foram pensados a partir da visão de especialistas e do próprio mercado brasileiro. Confira

1 – Planeje os custos

Primeiramente, é fundamental que você sente e faça um orçamento de todo o seu empreendimento. Dessa forma, terá uma visão real do que e como poderá empreender.
Ao passo que alguns iniciam seu empreendimento com especulações e sonhos, seja diferente. Veja alguns gastos que você terá em um negócio online:
• Montar um site bonito, estruturado e responsivo;
• Contar com criador(es) de conteúdo;
• Possuir um serviço de contabilidade de confiança;
• Em casos de e-commerce: adquirir produtos para venda;
Logo, é possível verificar que essa história de “sonho não tem preço” é balela, não é mesmo?
Portanto, nada de montar um negócio online sem antes verificar quanto será necessário de investimento, combinado?

2 – Pense: “o que eu gosto de fazer?”

Posteriormente, se você já tem a grana para o seu empreendimento ou consegue juntá-la, vem outro ponto essencial para abrir o seu próprio empreendimento.
Afinal, o que você gosta de fazer? Nesse sentido, esse é talvez um dos momentos mais importantes que deve ser analisado. De acordo com a sua resposta, seu negócio será norteado para determinada área.
Em outras palavras: escolha com clareza em que você deseja investir. Ainda assim, não se trata apenas de dinheiro.
Afinal, o dono do próprio negócio investe:
• Dinheiro;
• Tempo;
• Dedicação;
• E muitas vezes trabalha meses até ter algum retorno.
Logo, pense bem se realmente será vantajoso e satisfatório investir em um dado negócio

3 – Estude a fundo o mercado

Nesse ínterim, se você já avaliou os valores de investimento e escolheu o que você ama, já está adiantado.
Porém, nada de sair correndo e criando seu negócio online! Fique calmo, pois temos mais uma dica de ouro.
Nesse sentido, você precisa estudar o mercado onde você irá entrar. Por exemplo, suponhamos que você queira vender doces veganos pela internet.
• Algumas perguntas devem ser feitas:
• Afinal, há público para esses produtos?
• Você venderá para todo o Brasil?
• Ademais, você tem local adequado para produção e armazenamento de seu produto?
• Todavia, se você for vender apenas na sua cidade, você entende a demanda pelos seus itens?
Seja como for, esse foi apenas um exemplo de nicho que tem crescido no Brasil. Entretanto, essas indagações devem ser feitas sempre.
Ainda assim, algumas pessoas gostam de tentar e ir “no chute” ou seguem achismos. Em outras palavras: arriscam a sorte e por isso fecham o negócio antes de completar dois anos de existência.

4 – Descubra qual é o seu público

Logo depois de você obter as informações supracitadas, pense no seu público. É isso mesmo! Esse aspecto é fundamental para montar a estratégia de vendas do seu empreendimento.
Por exemplo, você fará vendas virtuais para estudantes? Ou idosos? Os seus produtos são mais voltados para homens ou mulheres?
Nesse sentido, veja sites ou blogs que existem sobre o nicho em que você deseja atuar.
De antemão, você saberá se o mercado é bacana ou se já está saturado. Logo, também conhecerá mais sobre os seus futuros concorrentes.
Portanto, anote tudo durante a sua pesquisa e verifique se há alguma lacuna que você pode suprir. Ou seja, há um curso online que ainda não foi desenvolvido?
Lembre-se: conhecimento é poder!

5 – Invista em marketing

Simultaneamente à criação de um produto e estudo de público-alvo, é essencial investir em marketing.
Afinal, após tantos estudos e análises, não investir em propaganda é um desperdício.
Entretanto, busque profissionais adequados para te auxiliar nessa fase do seu negócio online.
Em outras palavras, cerque-se de pessoas que sabem como fazer as melhores estratégias de marketing. Dentre algumas ações, podemos citar:
• Investimento em anúncios pagos;
• Criação de sites, blogs e conteúdos relevantes;
• Possuir perfis bem elaborados e comunicativos nas redes sociais;
• E-mail marketing vale ouro;
Ademais, profissionais adequados poderão te orientar em algumas questões como:
• Periodicidade das publicações, fotos e posts nas redes sociais;
• Como elaborar conteúdos que gerem engajamento;
• Qual linguagem deve ser utilizada pela sua marca. Ou seja: seu público é de jovens ou executivos? Isso indica formas diferentes de comunicação;

6 – Seja profissional

Inicialmente, muitas pessoas pensavam que ter um negócio digital significava ganhar dinheiro fácil. Contudo, essa ideia (felizmente) caiu por terra.
Assim sendo, para ter um negócio online é necessário muito empenho e profissionalismo. Afinal, o dinheiro não surgirá na sua conta bancária apenas ao você abrir o notebook.
Ademais, muitas pessoas acabam se perdendo ao criar seu negócio ou loja virtual. Sabe por que? Diversas vezes, esses indivíduos pensam no “eupresa” e querem fazer tudo sozinhos.
Dessa forma, negligenciam um profissional de marketing ou mesmo um contador. Sim, pasmem! Ao passo que você abre mão de suporte de quem entende, abre margem para erros e prejuízos.
Dentre algumas funções específicas de um contador, mesmo para negócios online, estão:
• Avaliação de atividades contábeis;
• Conferência de impostos;
• Elaboração de notas fiscais e demais transações comerciais;
• Em caso de colaboradores (mesmo freelas): auxílio em pagamentos;
Ou seja, tenha um contador de sua confiança para te ajudar na rotina financeira do seu empreendimento.

7 – Converse com os seus clientes

Simultaneamente às dicas supracitadas, esteja atento à sua reputação nas redes sociais e em sites como o Reclame Aqui.
Sob o mesmo ponto de vista, responda seus clientes e aceite as críticas. Dessa forma, aproveite essas oportunidades para melhorar.
Ou seja, não leve as insatisfações dos clientes para o lado pessoal, combinado?
Dicas para alavancar seu alcance na internet
Ao passo que você tenha as informações necessárias e conte com bons profissionais, veja mais dicas.
Agora, vamos te oferecer algumas sugestões para que você (e seu negócio) cresça rápido e de forma consistente:
• Mantenha suas redes sociais atualizadas;
• Tenha um canal no YouTube sobre seu negócio online;
• Produza um ebook sobre o seu nicho de mercado;
• Você pode produzir um mini curso online sobre seus produtos;
• Ofereça descontos e benefícios únicos aos seus clientes;

Dicas de negócios online

Posteriormente a essas sugestões, caso você ainda não saiba no que pode investir, fique tranquilo.
Iremos expor abaixo alguns negócios online que você pode criar para ser seu próprio chefe. Confira!

Escreva um ebook e venda
Inicialmente, pense sobre o que você gosta e se possui muitas informações bacanas sobre o assunto.
Portanto, se você domina técnicas de cozinha ou sabe adestrar cachorros, que tal escrever sobre isso?
Nesse sentido, muitas pessoas já ganham dinheiro com isso. Afinal, sempre existe alguém que deseja obter determinados conhecimentos e informações.

Participe de um programa de afiliados
Por outro lado, caso você não deseje produzir nada em um primeiro momento, temos outra alternativa.
Atualmente, é possível vender coisas que outras pessoas produziram como cursos online ou ebooks.
Dentre as maiores plataformas de afiliados do Brasil, temos:
• Amazon Afiliados;
• Hotmart;
• Submarino;
• Dentre outras;

Tenha uma loja virtual
Conforme falamos acima, ter uma loja virtual é manter sua vitrine sempre à mostra. Ou seja, sua visibilidade é gigante e seu alcance também.
Portanto, descubra qual nicho pode ser lucrativo e invista nele com tudo! Porém, não se esqueça de seguir nosso passo-a-passo supracitado, combinado?

Contabilidade e negócios online: qual a real importância?

Antes de mais nada, acima demos uma pincelada nesse assunto, porém, vamos expor agora mais detalhes.

Afinal, a contabilidade consiste em cuidar e gerenciar o patrimônio de uma pessoa ou empresa. Igualmente, ela atua em e-commerces e até mesmo para auxiliar profissionais liberais.

Ademais, empreendimentos digitais e lojas virtuais têm necessidade ímpar de uma contabilidade assertiva. Afinal, as transações e mudanças de aquisição de patrimônio costumam variar bastante.

Dessa forma, contadores confiáveis são fundamentais para que problemas com o fisco sejam evitados.

Assim também, uma boa contabilidade, pode te ajudar como consultores. Assim, problemas futuros poderão ser evitados graças a uma conversa com um profissional adequado.

Definitivamente, esse assunto é muito importante. Segundo especialistas muitas empresas, quase 50%, declaram falência graças a situações como:

• Dificuldades de possuir ou gerenciar capital de giro;
• Falta de pagamento correto dos impostos;
• Problemas de gestão financeira;
• Desorganização de pagamento de fornecedores;
• Problemas administrativos e com folhas de pagamentos;

Ou seja, a presença de um contador poderia ter, provavelmente, evitado o fechamento de muitas empresas. Afinal, negócios online e empreendimentos digitais também são empresas. Logo, precisam ser tratadas como tal.

Portanto, não negligencie sua loja virtual ou curso online. Deixe para trás aquela ideia de que um negócio pequeno é fácil “consigo sozinho”.

Fonte: https://www.contabeis.com.br/noticias/44757/como-montar-um-negocio-online-7-dicas-para-criar-o-seu-negocio-na-internet/

Recommended Posts