Conheça a função da Taxa Referencial e o seu impacto nos investimentos

Também conhecida como TR, essa taxa ajuda a definir a rentabilidade da poupança e outros fundos.

A Taxa Referencial (TR) é usada como um dos fatores que definem a rentabilidade do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) , da caderneta de poupança, de investimentos relacionados a fundos imobiliários e títulos de capitalização.

A TR já foi utilizada em função similar à Taxa Selic, para ajudar no controle da inflação do país, mas hoje já não possui impacto para o cálculo de juros e segue sendo utilizada como um indexador essencial do Banco Central (BC) para estes investimentos.

Esta taxa sofre variações diárias e pode ser calculada diretamente no site do BC, ficando sempre um pouco abaixo da Taxa Básica Financeira (TBF). A TBF é calculada levando em consideração as taxas médias praticadas entre os investidores durante as negociações de títulos prefixados e define a TR dessa forma.

Os procedimentos que definem os valores das duas taxas constam no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic) .

A Taxa Referencial tem como referência a taxa média dos certificados de depósito bancário (CDBs) e dos recibos de depósitos bancários (RDBs) prefixados emitidos durante os últimos trinta dias.

Confira como a Taxa Referencial impacta em cada cenário


FGTS

O fundo de garantia tem rentabilidade de 3% ao ano sobre o depósito acrescido da TR.

Poupança

Atualmente existem duas formas de calcular os rendimentos da poupança, ambos utilizando a TR como indexador aliada à Selic.

Até maio de 2012 existia somente maneira, ainda válida para acordos feitos até aquela data, na qual a remuneração era de 0,5% ao mês e ainda somava-se TR.Quando a Selic está igual ou menor que 8,5%, a conta utilizada no cálculo de rentabilidade do investimento é 70% da Selic mais a taxa referencial. Caso a Selic esteja maior que 8,5% a rentabilidade é de 0,5% sobre o valor depositado mais a TR.

Financiamento imobiliário

Embora mais relacionados ao IGP-M, a Taxa Referencial pode ser usada para alterar os valores cobrados no crédito do financiamento imobiliário, somando os juros do financiamento mais a TR do momento.

Títulos de Capitalização

A TR é aplicada apenas em casos em que o título permanece depositado até o vencimento, sendo a única forma usada para atribuir rentabilidade.

Fonte: Contabeis